Taxa de Juros, Inflação e Saúde Econômica, como entender de forma correta e objetiva antes de abrir qualquer ordem no mercado Forex, então vem comigo.

Taxa de Juros:

É um dos mais importantes, senão o mais importante de todos os dados econômicos no mercado financeiro como um todo. Basicamente negociar Forex nada mais nada menos que comprar e vender, usando um termo aqui mais técnico se resume em negociar Dinheiro.

Pode parecer óbvio, mas as Taxas de Juros Federais do EUA, impactam de forma acentuada sobre o mercado Forex, principalmente quando ocorrem alterações nessas taxas.

Geralmente, quando as taxas de juros de um determinado país sobem, a moeda atrelada tem a tendência a se valorizar em comparação às outras moedas. Ex: Vamos analisar a paridade de moeda mais negociada do Forex o EUR/USD.

 Se o ( BCE) o Banco Central Europeu sobe as taxas de juros é muito provável que o Euro ( € ) se valoriza frente ao Dólar ( $ ) americano. Porque que isso acontece? é muito simples de entender.

Os investidores podendo ser de gestores de fundos, empresários ou até mesmo traders individuais com poder aquisitivo alto, na valorização do euro vão querer mais euros para obter mais rendimentos nas suas aplicações ou seja mais dinheiro no bolso e com isso capitalizar seus fundos, a suas empresas etc. com esse aumento nas taxas de juros, se torna muito positivo para a moeda do país em questão, isso acarreta uma série de vantagens por exemplo uma: a poupança dos pais aumentará e refletirá na economia com isso entrando mais dinheiro no país.

Agora o contrário também é verdade ficando dentro aqui da zona euro, quando  O( BCE) o Banco Central Europeu decide por um motivo relacionado a economia ou até mesmo devido a uma influência de outros países reduzir as taxas de juros a moeda EUR/USD que está atrelada ao dólar se desvaloriza e com isso valoriza a moeda americana se tornando bom para os investidores americanos.

Como negociar utilizando as Taxas de Juros no dia a dia.

Não é muito fácil saber o momento certo de negociar, claro que existem sites que nos proporcionam e nos dizem quando podem ocorrer essas eventuais declarações das taxas  de juros, o forex factory é um deles no qual eu utilizo muito.

Um exemplo disto é quando o presidente do banco central americano ou seja o ( FED) vai pronunciar, geralmente esse anúncio que é aguardado por todo o mercado financeiro acontece sempre na primeira sexta feira do mês, mesmo sabendo desse comunicado é muito imprevisível negociar por ser uma notícia de alto impacto, traders que estão iniciando no mercado é preferível ficar de fora, os traders mais experientes eles já tem uma grande dificuldade acertar o momento certo, quando as taxas de juros são anunciadas cria -se uma especulação causando imensa volatilidade nos gráficos, repare neste exemplo:

Em um time frame menor como o de M15, os traders que estão começando praticamente não conseguem ter um bom discernimento sobre o que fazer nessa hora de alta volatilidade, em alguns casos por não estarem preparados acabam quebrando, o que é diferente em um time frame como de D1, quando a o anúncio em alguns casos praticamente a volatilidade quase não se dá conta ou seja passa imperceptível como na imagem:

Um fator importante que independentemente do quanto esteja preparado ou seja com trabalho de casa feito, a Reserva Federal dos EUA poderá sempre lançar um aumento ou um corte surpresa da taxa de juro.

Caso isto aconteça, foi por isso que eu disse anteriormente é preciso estar preparado e ter uma resposta rápida, porque se por exemplo a taxa de juro ela sobe dependendo da paridade operada é para compra. Se for ao contrário se a Reserva Federal resolve cortar, é uma probabilidade de venda, uma ação rápida nesse momento é importantíssima.

Um exemplo disto foi quando a Reserva federal Norte – Americana anunciou o corte nas taxas de juros, para se ter uma ideia a última vez que o FED cortou ou reduziu as taxas de juros foi quando houve  a crise financeira de 2008, a redução desta vez foi em torno de 2% e os 2,25%,antes disso as taxas de juros situavam – se entre os 2,25% eos 2.50% isto quando a notícia foi atualizado no dia 31/07/2019.

Como efetivamente são calculadas as taxas de juros da Reserva Federal dos EUA.

As taxas de juros são calculadas através de vários indicadores econômicos por exe:

  • Índice de preços do consumidor
  • Inflação
  • Taxa desemprego
  • Desempenho do mercado imobiliário etc.
    Para não ficar muito longo este vídeo abordaremos em detalhes nos próximos artigos da nossa série.

Vamos agora saber o que é inflação e como pode nos ajudar no mercado Forex.

A Inflação ela corrói, desvaloriza o nosso dinheiro e com isso ela diminui o nosso poder de compra.

Ex: vamos imaginar aqui comigo que nesse ano houve uma inflação de 20%, ou seja você estava habituado a pagar por um produto 500€ esse produto pode ser um computador, celular, uma televisão etc, porém lembra que houve um aumento da inflação em 20%, esse mesmo produto que você ia a loja para comprar por 500€, hoje provavelmente talvez você não conseguiria comprar porque? hoje ele custa 520€, ou seja com os mesmo 500€ anteriormente já não se consegue por ter havido a inflação.

A inflação nada mais nada menos que é o aumento de preços. E basicamente o que causa o aumento dos preços é uma maior procura ou demanda por determinado bem ou serviço. Se temos um número bastante grande de pessoas interessadas em comprar um produto, imagina que seja somente você que vende esse produto, pela lógica você irá vendê lo quem pagar mais por ele. A Inflação está diretamente relacionada ao consumo é isso mesmo.

Quanto maior for o consumo maior será a Inflação. E quanto menor for o consumo menor será a Inflação.

Causas da Inflação

Uma das causas da inflação é o aumento da emissão de papel – moeda pelo governo para cobrir os gastos do Estado.

Ou seja quando isso acontece, Geralmente haverá um maior volume de dinheiro em circulação no mercado, porém existe um problema sério quando os governos fazem isso para tapar buracos, não acontece o fator Criação de riqueza, não houve o aumento de produto, consequentemente foi o que eu disse agora pouco.

com isso é exigida maior quantidade de dinheiro para adquirir a mesma quantidade de produto anteriormente foi o exemplo que eu dei agora pouco, isso resulta em Inflação.

Reparem nessa simulação de preços que o próprio BCE O Banco Central Europeu demonstrou com  a Inflação Avaliando alguns produtos do nosso dia a dia. Reparem como a inflação ela retira o nosso poder compra, fazendo gastar mais porém com a mesma quantidade de produtos que anteriormente nos comprariamos.

Como que o governo faz para manter a inflação baixa?

O banco Central Europeu o BCE ele utiliza de uma ferramenta que é a Política monetária, ou seja a taxa de juros, é isso mesmo. Aí nesse caso o BCE O Banco Central Europeu ele irá utilizar da sua política monetária em dois cenários diferentes, complicado não é mesmo, continuando.

1º Cenário: Aumento da Inflação.

Ele irá fazer o que?

para poder reduzir a inflação, automaticamente é preciso lembrar de reduzir ou diminui o consumo.

Assim sendo o BCE irá aumentar as taxas de juros, isso aquele financiamento que você gostaria de fazer para o seu por ex .carro de luxo uma BMW vai se tornar mais caro, a sua quota de parcelamento ficarão muito maiores do que deveria, fazendo com que você fique de fora de comprar a sua BMW, ou seja ficará menos atrativo fazer o financiamento. Com isso inibe o consumo, reduzindo automaticamente a inflação.

Agora olha o 2º Cenário: Desaceleração Econômica.

O BCE para incentivar o crescimento da economia, é preciso incentivar o consumo, fazendo isso as empresas irão vender mais, gerando um lucro maior, com isso possibilitando investir em novas contratações, em tecnologias de pontas, maquinários para aumentar a produção de determinado produto,  e por aí vai.

Além disso para atrair os consumidores, o custos do financiamento que se tornaram caros no primeiro cenário exposto anteriormente se tornam mais baratos agora com uma diminuição através das Taxas de juros.

Tipos de Inflação em oito diferentes tipos:

  • Inflação de Demanda.
  • Inflação de custos.
  • Inflação Inercial.
  • Inflação estrutural.
  • Inflação prematura.
  • Inflação Reprimida.
  • Inflação de Expectativas.
  • Inflação por câmbio flutuante.

Inflação de Demanda: É caracterizada pelo excesso de demanda em relação à oferta.

Esse tipo de inflação ocorre principalmente quando existe um aumento no poder aquisitivo dos cidadãos que não é acompanhado pelo mercado,ou seja, quando não existe disponibilidade suficiente de bens para atender a demanda de compra da população.

Inflação de Custos: Esse tipo de inflação costuma acontecer quando existe um aumento no custo da matéria – prima utilizada para a produção de um determinado produto.

Quando isso acontece, é comum que esse aumento seja repassado aos consumidores através da elevação do valor do produto final colocado no mercado.

Inflação Inercial: Também é conhecida como Inflação psicológica, e isso mesmo, porque não é causada necessariamente por uma alteração na demanda ou oferta.

Muitas vezes acontece porque as pessoas acreditam que a subida dos preços vai continuar.

Pode ocorrer após longos períodos de inflação, quando o mercado econômico e os comerciantes elevam os preços por acreditar que a inflação ainda está em níveis elevados.

Entretanto, esse aumento de preços feito de forma antecipada tem como consequência mais aumento da inflação.

Inflação Estrutural:  É parecida com a Inflação de custos, mas a subida de preço acontece por uma falta de eficiência das infra estruturas envolvidas no processo de produção de um tipo econômico específico.

Inflação Prematura: Processo inflacionário gerado pelo aumento dos preços sem que o pleno emprego seja atendido.

Inflação Reprimida: Processo inflacionário gerado pelo congelamento dos preço por parte do governo.

Inflação de Expectativas: Consequência de um aumento de preços provocados pelas projeções dos agentes sobre a inflação.

Inflação por Câmbio Flutuante: Ação também conhecida como Quantitative Easing. Isso é quando o governo intencionalmente ou por má administração, imprime dinheiro, aumentando a oferta de moeda, é considerado como imposto silencioso pois o governo adquire o dinheiro que deseja reduzindo o valor das notas impressas, geralmente é a principal causa da Hiperinflação.

Saúde Econômica. 

Dados econômicos que basicamente indiquem que uma economia vai bem, ou seja  com isso atraem mais investidores para a economia em si.

Não vou entrar muito afundo da Saúde econômica por ser um tema muito extenso e um pouco complexo o que eu quero aqui é ser o mais objetivo possível, tentando reduzir ao máximo e depois criando uma conclusão em cima disso, então vamos lá.

A economia ela é dividida em dois ramos:

O 1º Microeconomia: 

A Microeconomia estuda as interações que ocorrem nos mercados em função da informação existente e da regulação estatal. Distinguem os mercados de bens e serviços dos mercados de fatores de produção, capital e trabalho, por terem diferentes agentes e formas de funcionamento.

O 2º Macroeconomia :

A Macroeconomia, também conhecida como “ cross – section ”, examina a economia como um todo “ de cima para baixo ” para explicar amplos agregados e suas interações. Tais agregados incluem as medições do produto nacional bruto, conhecido como o (PNB), a taxa de desemprego e inflação dos preços e sub agregados como o consumo e gastos com investimentos e seus componentes etc.

Quando uma economia de um determinado país indica sinais de aceleração ou seja de crescimento econômico, com isso as empresas como um todo vai gerar um aumento de caixa, com contração de mão de obra sinalizando uma economia próspera e não só atraindo mais investidores ou seja compradores para as ações das empresas.

Agora esse cenário descrito acima ocorreu na Austrália, para que você possa investir comprando ações nas bolsas de valores australiana a ( ASX ) Australian Securities Exchange irá precisar de Dólares Australianos, então basicamente venderá outra moeda ( EUR) para efetivamente comprar seus dólares australianos posicionamento no mercado forex. Venda do par EUR/AUD.

Um dos dados econômicos fortes na economia é por ex: a taxa de desemprego, quando a um aumento da taxa de desemprego isso significa automaticamente menos consumidores, o que causa uma redução do consumo de bens e serviços.

Consequentemente as empresas irão vender menos em alguns casos com prejuízos, sendo obrigadas a fazer o que 90% praticamentes todas fazem cortar gastos. Como por ex: Aluguel, Salários dos colaboradores, água, luz e etc.

Com a diminuição dos lucros como disse anteriormente com algum prejuízo às ações na bolsas irá efetivamente cair, fazendo os investidores venderem as suas ações, e procurem em outro país ou região para investirem o vosso dinheiro.

Vamos imaginar esse cenário continuando na austrália, os investidores ao migrarem da austrália para a zona euro, por exemplo irão vender os seus dólares que originalmente foi recebido através das suas ações, para com isso poderem comprar Euros ( EUR ) posicionamento em forex o par EUR/AUD.

Conclusão:

Vimos sobre taxas de juros, como negociar as taxas de juros, como são calculadas.

Vimos também sobre a inflação, causas da inflação e os oitos tipos de inflação.

 E por fim mas não menos importante vimos também sobre o que é saúde econômica e como ela se divide em duas vertentes, para negociar no dia dia no mercado forex é preciso estar atento para esses indicadores econômicos, é preciso ter um olhar macro visualizando o todo, com isso a suas taxas de acerto tem muita probabilidade de aumentar e ser um trader consistente no mercado.

Se você gostou logo aqui abaixo deixo o link do meu workshop viver do mercado financeiro inteiramente grátis e 100% online basta clicar AQUI